Texas Selvagem - A. J. Teixeira. Com tecnologia do Blogger.

Pensamentos no SilvaTexas

16 de março de 2011

Metro do Porto

* O Metro do Porto é um meio de transporte coletivo de passageiros que opera na área metropolitana do Porto, servindo os concelhos de Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia. Desloca-se sobre carris de bitola ibérica e é movido a eletricidade. Possui dois tipos de composição, a série 0 (a mais antiga) e a série 1 (train-trem), mais recente.
* A sua circulação faz-se através de canais próprios que podem ser à superfície ou no subsolo, como no caso da cidade do Porto, onde a circulação é, em grande parte, feita em subterrâneo.
* As composições podem circular em singelo ou em dupla.
* Quero deixar aqui expressos os meus reconhecidos agradecimentos à Doutora Catarina Ferreira por me ter permitido satisfazer um vício muito peculiar (fotografia de veículos que se desloquem sobre carris), através da emissão de uma credencial para o efeito e também aos mui dignos seguranças ao longo das estações que me facilitam ao máximo as minhas passadas, Deixo já um AVISO e que sem a credencial é TERMINANTEMENTE PROIBIDO fotografar as composições ou os seus canais de circulação.
* Como me irei deslocar até ao fim do mês em curso, tencionando ir a GUIFÕES (oficinas), irei colocando as fotografias à medida que as fôr fazendo, até para que não fiquem cansados de tanto "amarelo".
* Assim, hoje de manhã desloquei-me a Campanhã, Heroísmo e Campo 24 de Agosto, sendo que as últimas duas estações são subterrâneas. Ainda fiz duas fotos no canal final no Godim (entre Campanhã e o Estádio do Dragão) onde algumas composições ficam aparcadas.


Teixeira da Silva, AJ

Composição do novo tipo (train-trem) com o número
127 aparcada no final da linha na zona do Godim, freguesia de Campanhã
e situada entre esta estação e a do Dragão.                   

A composição anterior encontrava-se em dupla e sem
serviço atribuido. Agradeço ao segurança as facilidades
concedidas para me deslocar a este "cantinho", uma vez
que não tem acesso pedonal.

Composição das mais antigas, com o número 048 que parou na Estação
de Campanhã, prosseguindo o seu destino até à Estação final do concelho de Matosinhos
 (a do Senhor de Matosinhos).

O canal de circulação das composições à saída de Campanhã.
A partir daqui as composições atravessam a cidade em
subterrâneo.

Ainda na Estação de Campanhã, um dos novos veículos com
destino à Estação da Senhora da Hora, no concelho matosinhense.

Em sentido inverso, e ainda em Campanhã, a composição 049  com
destino à Estação de Fânzeres, no meu concelho gondomarense.

Vista parcial do edifício do "Interface de Campanhã". Interface
dos veículos do metro, com os comboios, empresas privadas
de transporte de passageiros e STCP.

Na estação subterrânea do Heroísmo, a composição com o
múmero 049 segue para o seu destino, a Estação da
Senhora da Hora.
Esta estação situa-se na freguesia de Campanhã e fica
sob as Ruas de António Carneiro, do Heroísmo e do
Bom Retiro.

No mesmo sítio, e em sentido inverso, um dos novos veículos,
o 123 segue para a estação seguinte (Campanhã).
Atualmente a estação do Heroísmo encontra-se em obras,
devido à infiltração das águas da chuva. 




A composição 003 prossegue a sua marcha até à Estação do
Dragão. Ainda se encontra na estação do Heroísmo.


Já na estação do "Campo 24 de Agosto" a mesma composição com o número 003.
Esta estação situa-se na freguesia da minha naturalidade (Bonfim).


Aquando da perfuração do subsolo em algumas partes da cidade,
para a criação do canal de circulação, foram descobertas algumas
grutas, como esta, que se encontra devidamente preservada na
Estação do Campo 24 de Agosto.
Outro agradecimento para o fiscal em serviço que me permitiu
o acesso para a respetiva fotografia.

Blocos de granito e calcário, muito bem preservados na mesma
estação. Isto são nacos de história! 

1 comentários:

JS Trains 21 de março de 2011 às 16:00  

Como já tivemos ocasião de comentar as fotos de interior , ou tem luz suficiente e com tripé ou não vale a pena tirar fotos .
Está aqui um bom exemplo !!!!!!

Formulário de Contacto:
Preencha os campos abaixo para entrar em contacto comigo.
Não se esqueça do seu e-mail para eu responder, se for necessário.
Os campos marcados com * são obrigatórios.



Nome*:

máximo de 50 caracteres
E-mail para contacto*:

máximo de 200 caracteres
Assunto (motivo do contacto):

máximo de 100 caracteres
Mensagem*:

O seu contacto é muito importante.
Agora, basta clicar em "ENVIAR" para eu receber a sua mensagem.

Related Posts with Thumbnails

Estações com paragem

  ©Template by Dicas Blogger