Texas Selvagem - A. J. Teixeira. Com tecnologia do Blogger.

Pensamentos no SilvaTexas

22 de setembro de 2010

Os meandros de Contumil, com a EMEF à mistura!

* Foi no domingo passado (é assim que começa o fado da nossa saudosa Hermínia Silva)...bem, dizia eu, que foi na manhã do domingo passado que novamente os três "inseparáveis" pseudo-ferroviários, o "el comandante" (j s trains), o "el gringo ou filósofo" (cantinho/galeria dos comboios) e o "will texas ou chefe dos Alfas" (texasselvagem) tiveram mais uma sessão fotográfica na Estação de Contumil.
* A estação ferroviária de Contumil é a terceira estação do concelho do Porto (as outras são São Bento e Campanhã) e fica no extremo oriental da cidade, na freguesia de Campanhã, paredes-meias já com o concelho de Gondomar.
* Nela encontra-se situado o núcleo operacional do Porto da EMEF, pelo que lá não falta material...bom, assim-assim, mau e péssimo; além de ser servida pelas linhas do Norte, do Minho e de Leixões (só mercadorias).
* Como habitualmente foram três horas de sã camaradagem, algumas críticas ferroviárias, mas, e sobretudo, mais umas fotografias para o nosso espólio particular, com a respetiva autorização dos seguranças, atendendo ao fato de todos nos encontrarmos credenciados para o efeito.
* Aguardando com ansiedade a próxima reunião do trio, sou o "wild texas".


Máquina para venda do "andante" título usado na área metropolitana do Porto,
que depois tem de ser validado.

Como esta estação não tem presença física do chefe, existem estes pseudo-telefones
para se saber horários e atrasos das composições. Este, como a inagem demonstra,
estava (está?) fora de serviço!

Uma "UME" (unidade múltipla elétrica) que efectuou paragem e prossegue a sua
marcha até Caíde (d'el Rei).

Locomotiva a vapor em exposição e de três rodados motrizes.

Vista geral da locomotiva a vapor que se encontra exposta
ao ar livre, mas que não é visível por quem circula nas composições.

Vista completa da locomotiva com o respetivo tender acoplado.
O tender é uma espécie de vagoneta para transporte do carvão,
mas que integra o conjunto.


Duas gémeas, as números 2263 e 2264, vulgarmente apelidadas de "Lili
Caneças" no fim da linha, já na zona da Ranha.

Fila de carruagens "Schindler" que publicitam as várias marcas do vinho do Porto,
também no fim da linha, na mesma zona da Ranha.

Vários tipos de composições e carruagens no fim da linha, na zona da Ranha.

A atual coqueluche da CP. Os "Alfas Pendulares" e uma das máquinas que
rebocam os "intercidades". O amigo Luís passa a respetiva inspeção!

O "Alfa" com o número 4007, ainda por pintar na sua parte inferior (está toda branca),
quando o normal é em azul e vermelho. Sem garantir nada julgo ter sido esta que apanhou
um veículo "Audi" na passagem de nível do casino de Espinho, devido ao mesmo ter
ficado em plena via com as cancelas entretanto encerradas e motivado pela não fluidez do trânsito! 

Placa comemorativa dos melhoramentos efectuados pela "Refer" com a
ajuda dos fundos comunitários (lá teria de ser...)

O sistema de travagem sob os rodados de um "Alfa". Tecnologia italiana
exexcutada sob patente da "Fiat".

Interior de um furgão "bar" da sorefame, sem qualquer utilidade e que
aguarda pelo desmantelamento.

Esta foto foi tirada do interior final de uma carruagem "intercidades".

A frente da locomotiva elétrica número 5616-6 que reboca os "intercidades"

Vista lateral da mesma locomotiva, fazendo publicidade aos cem anos
do caminho-de-ferro. Durante esse tempo muita coisa mudou (mas para pior...)

Uma UDD da série 0450 em manobras.
(Unidade Dupla Diesel)


A UDD (Unidade Dupla Diesel)  número 0457 sem serviço.
Pormenor da cabine de condução.

A UTD (Unidade Tripla Diesel), com o número 084M e que foi alugada
pela CP a Espanha, para substituir as nossas UDD e UTD.
Pormenor da cabine de condução, vendo-se na frente
a respetiva buzina(s).

Vagão cisterna de rodados simples. Igual a este anda um acoplado
ao material histórico que até ao mês de Outubro faz o
trajeto do Peso da Régua ao Tua.

Interior de uma carruagem "Schindler" renovada!
Estofos em cabedal...um luxo para a época.
Estas carruagens já não fazem qualquer serviço comercial!

Vista parcial do material estacionado na estação.
O edifício ao fundo é a "torre de controle", isto é, o centro
nevrálgico de todas as operações da zona norte.

Máquina de apoio à catenária, pertencente à "Refer" que apenas
parou para abastecimento.

A mesma máquina vista de outro ângulo e mostrando a cabine
de condução. Por norma este material não se encontra nesta estação
mas sim em Ermesinde.

A cabine de condução de uma "UTD" da Sorefame que se encontrava
nas instalações de manutenção.

9 comentários:

Luis 22 de setembro de 2010 às 14:50  

Caro chefe dos Alfas ,

Boas fotografias resultante de mais uma passeata proveitosa. Contumil continua a ser o nosso Mini-Entroncamento ao virar da esquina.

Abraço

Luis

João Silva 22 de setembro de 2010 às 23:56  

Temos um novo camarada nas lides fotográficas ??? Chefe dos Alfas ???

Luis 23 de setembro de 2010 às 12:37  

Caros Texas ou Chefe dos Alfas !

espero que seja isto que pretendia...se não for avise. Em relação ao tema continua a caminhar para a perfeição ! El comandante que se ponha a pau...

Abraço


Luís

João Silva 23 de setembro de 2010 às 17:59  

Realmente o Chefe dos Alfas anda a passar das marcas ... ensinamos um pouco já parece o professor .
Não se pode dar confiança ...

Manuel José Ramiro,  27 de setembro de 2010 às 16:43  

Caro amigo

Tem boas fotos e más fotos. no entanto continue o seu trabalho

Damião Vieira 3 de outubro de 2010 às 20:20  

Bom trabalho fotográfico acompanhado de um bom texto.
Um Abraço

Anónimo,  14 de junho de 2013 às 05:09  

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis pas her
http://commandercialisfer.lo.gs/ vente cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis costo
http://preciocialisgenericoespana.net/ comprar cialis

Formulário de Contacto:
Preencha os campos abaixo para entrar em contacto comigo.
Não se esqueça do seu e-mail para eu responder, se for necessário.
Os campos marcados com * são obrigatórios.



Nome*:

máximo de 50 caracteres
E-mail para contacto*:

máximo de 200 caracteres
Assunto (motivo do contacto):

máximo de 100 caracteres
Mensagem*:

O seu contacto é muito importante.
Agora, basta clicar em "ENVIAR" para eu receber a sua mensagem.

Related Posts with Thumbnails

Estações com paragem

  ©Template by Dicas Blogger