Texas Selvagem - A. J. Teixeira. Com tecnologia do Blogger.

Pensamentos no SilvaTexas

4 de setembro de 2010

Sinopse da EMEF.























* Para não estar a maçar os meus amigos blogueiros, com as restantes fotografias do Encontramento - e uma vez que devo estar aproximadamente a meio - vou hoje falar sobre um pouco da história da EMEF, que também foi visitada, aquando da nossa visita àquela cidade.
* Assim, e servindo de base a "wikipédia livre", começo por explicar a origem do nome - EMEF - Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, sociedade anónima, constituida em Dezembro de 1992, mas que só começou a laborar a 30 de Janeiro de 1993 e detida a 100% pela CP - Caminhos de Ferro Portugueses, empresa pública. Ora bem, ela resultou da autonomização da antiga e extinta Direcção Industrial da CP com a transmissão da posição contratual da maioria dos respectivos trabalhadores.
* Foi constituida com os Serviços Centrais de Lisboa, Grupo Oficinal do Porto, Grupo Oficinal do Entroncamento, Grupo Oficinal do Barreiro e Grupo Oficinal da Figueira da Foz, dedicando-se à atividade de reparação de todo o material circulante.
* Alargando  a sua área de atividade à manutenção do material ferroviário em 21 de Novembro de 1994, passaram também a integrá-la os estabelecimentos infra:
a) - Manutenção de Lisboa que inclui as oficinas de Campolide, Oeiras e Santa Apolónia;
b) - Manutenção do Norte que abrange as oficinas de Contumil, Boavista (ambas na cidade do Porto), Mirandela, Livração, Peso da Régua e Sernada do Vouga;
c) - Manutenção de material de mercadorias no Entroncamento, que posteriormente se veio a designar Manutenção e Reparação de Mercadorias;
d) - Manutenção do Sul que inclui as oficinas do Barreiro e de Vila Real de Santo António;
e) - Manutenção do Centro que abrange as oficinas do Entroncamento, Coimbra e Figueira da Foz.
* Em Setembro de 1997 a Manutenção de Material e Mercadorias passou a designar-se por "Manutenção e Reparação de Mercadorias", como resultado da transferência do centro de reparação de vagões do Grupo Oficinal  do Entroncamento. Também, nesta mesma data, a Manutenção Centro passou a ocupar-se da manutenção do material circulante realizada exclusivamente no Entroncamento, vindo a agregar o centro de resultados de Coimbra.
* Em Março de 1998 o posto da Boavista (Porto) foi extinto da Manutenção Norte, passando a ficar adstrito ao Grupo Oficinal do Porto.
* Em Novembro de 1998 a EMEF iniciou negociações com a TRANSDEV, no GOP, com vista  a assegurar a manutenção qualificada do material circulante que iria ser afeto ao metro ligeiro de superfície da área metropolitana do Porto (o célebre Metro do Porto).
* A 09 de  Março de 1999 preparou-se para a internacionalização das suas atividades com a participação de 35% na constituição da FERTREM - Operações Ferroviárias Internacionais, SA, das quais  fazem também parte a FERBRITAS e a FERNAVE. Esta sociedade com sede em Lisboa vai dedicar-se à assistência técnica, industrial e comercial a entidades nacionais e estrangeiras no setor ferroviário. Do seu objeto social consta ainda a elaboração de estudos, projetos no âmbito da criação, organização, funcionamento e exploração de empresas no setor dos transportes portuários e a reabilitação, reparação e manutenção de equipamentos, tanto de veículos  ferroviários como de outros veículos de transporte. Os mercados potenciais são a América do Sul, África e, em especial, os PALOP (Países de Língua Oficial Portuguesa).
* Em Agosto de 2000 a empresa (EMEF) obteve a certificação de qualidade de acordo com a norma NP EN ISO 9002.
* A 01 de Janeiro de 2002 foi criada a Manutenção da Figueira da Foz.
* Em 16 de Setembro   daquele mesmo ano as regiões de manutenção passaram todas a denominarem-se somente manutenções.
* A 01 de Janeiro de 2007 foi extinta a Manutenção e Reparação de Mercadorias, tendo a atividade de reparação de vagões sido integrada no Grupo Oficinal do Entroncamento e a atividade de manutenção na Manutenção Centro.
* A 01 de Dezembro de 2007 foi criada a UITF - Unidade de Inovação e Tecmologia Ferroviária. A 13 do mesmo mês foi criada a UNP - Unidade de Novos Projetos.
* A 14 de Janeiro de 2008 foram desativadas as Oficinas de Manutenção Centro (Coimbra-B), com a transferência dos trabalhores para a Manutenção da Figueira da Foz.
* A 10 de Julho de 2008 foi criada a DPCP - Direção de Planeamento e Controlo da Produção.
* A 15 de Setembro daquele mesmo ano foi criada, por absorção do Grupo Oficinal do Entroncamento e da Manutenção Centro, a POE - Unidade do Parque Oficinal do Entroncamento.
* Finalmente, a 01 de Fevereiro de 2009 foi criada, por absorção do Grupo Oficinal do Barreiro e da Manutenção Sul, a Unidade do Parque Oficinal do Sul.


Escrito por "texasselvagem" em 2010.09.04. 

1 comentários:

João Silva 5 de setembro de 2010 às 00:01  

Bom texto que deu trabalho a compilar, já no novo acordo ortográfico , que a mim não me diz nada .Continuarei a escrever como sei .
Não vou em ondas ....
Um abraço
JSilva

Formulário de Contacto:
Preencha os campos abaixo para entrar em contacto comigo.
Não se esqueça do seu e-mail para eu responder, se for necessário.
Os campos marcados com * são obrigatórios.



Nome*:

máximo de 50 caracteres
E-mail para contacto*:

máximo de 200 caracteres
Assunto (motivo do contacto):

máximo de 100 caracteres
Mensagem*:

O seu contacto é muito importante.
Agora, basta clicar em "ENVIAR" para eu receber a sua mensagem.

Related Posts with Thumbnails

Estações com paragem

  ©Template by Dicas Blogger